" Viver é a coisa mais rara do mundo, a maioria das pessoas apenas existe."

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Por menos dias como esse.

Que dia. 
Sabe quando voce acorda e sente que tem alguma coisa estranha, com aquela sensacão de vazio?
Mas mesmo assim voce levanta, toma banho, se arruma e vai trabalhar por que a vida não para.
No caminho voce ja perde o onibus ou pega aquele transito onde nunca teve.
Esse é aquele dia que me faz pensar "melhor eu fica esperto".
Pois é, hoje foi um desses dias.

Foi o dia de não reconhecerem seu esforço, de dizerem coisas que voce não é, de ouvir coisas que ninguem deveria ouvir, dia de tomar pancada atras de pancada. Dia de se perguntar "o que raios eu to fazendo da vida?". Dia de por o fone de ouvido, uma musica alta e só olhar pra frente.
Cara que dia.

Eu nunca vou me esquecer das palavras que ouvi hoje e nem das pessoas que me disseram elas.
Porém mesmo assim, tenho foco nos meus objetivos. Palavras não meachucam, o que machucam são de onde elas veem.

E que nesses dias, eu seja forte o suficiente pra não descontar em ninguem.
Que eu seja forte o suficiente para chorar sem derramar nenhuma lagrima.
Que eu seja forte o suficiente para que meus abraços não percam a força.
Que eu seja forte o suficiente para não deixar meu caminho ficar obscuro e nem criar barreiras falsas que vivem apenas na minha cabeça.
Que eu seja forte o suficiente para que eu possa dormir em paz, pois amanha é um novo dia.
Que eu seja sábio o suficiente pra que eu não seja como eles e não faça alguém se sentir, como eu me senti hoje.

Por menos dias como esses.