" Viver é a coisa mais rara do mundo, a maioria das pessoas apenas existe."

domingo, 3 de março de 2013

Como vivo minha vida.



Assim que nascemos à única certeza que podemos ter é de que um dia morreremos. Infelizmente o mundo
de hoje só sabe nos surpreender tanto para motivos de felicidade quanto para
motivos de tristezas. Aprender com a vida está sendo uma das ta
refas mais difíceis em minha
vida, mas como dizem a vida não nos proporciona um manual, vamos aprendendo
passo a passo, a cada dia que se passa. Mas será que aprender a viver, tinha
que doer tanto? Eu sinceramente pensei que iria iniciar o ano bem, como de fato
iniciei, sem expectativas algumas para este novo ano; chega de decepções e
pessoas que só lembram-se da gente quando precisam de algo. Mas acontece que eu
só iniciei. Disposto a mudanças? Sempre, mas acontece que às vezes não adianta
somente eu mudar, as pessoas que estão ao meu redor deveriam fazer um pouco de
esforço também; e infelizmente isso dói, por que chega a me dar um pouco de
insegurança em saber se essas pessoas confiam e gostam de mim da mesma maneira
que confio e gosto delas. Algo que acho que somente eu não consigo mudar, mas
iniciativas sempre ajudam e ultimamente ninguém tem nenhuma. Agora, estou aqui,
não deprimido, somente pensativo na minha vida, pensando
se realmente é necessário passar por tudo isso e no final das contas terem um
grande resultado, que talvez me surpreenda para o bem ou para o mal. Afinal,
sem expectativas. 
Sempre vi a minha vida como se fosse uma estrada que em que alguns momentos da caminhada ficavam ensolarados, outros o tempo fechava completamente. Acho que essa é uma maneira positiva de ver as coisas porque por mais que estejamos passando por uma situação difícil nos faz querer continuar caminhando, pois se pararmos e ficarmos nos lamentando não conseguiremos sair do lugar, mas se juntarmos forças, levantarmos a cabeça e seguirmos em frente vamos deixar a tempestade pra trás e com toda a certeza alcançaremos o próximo período ensolarado.